POR CAROL KEUTENEDJIAN

A criatividade é uma força poderosa. Algumas pessoas precisam criar para existir, um impulso mais forte do que simplesmente ser. E Carol Keutenedjian é uma delas. Nascida em 1981, a designer brasileira formou-se em Administração de Empresas (2005) e teve passagens pelo mercado financeiro e hoteleiro antes de dedicar sua criatividade à joalheria em tempo integral. Amante da arquitetura, ela também se aprofundou no design de interiores antes de fundar a Epiphanie em 2009.

Para ela, moda e arquitetura andam de mãos dadas. Ambos buscam e exploram duas partes fundamentais de nossas vidas: corpo e espaços. Cada anel, colar, brinco é também um exercício arquitetônico, transformando energia, conduzindo metais e desenhando novas estruturas para a pele.

ARQUITETURA DE VESTIR

Do grego epiphainein, que significa 'revelar', epifania (ou epiphanie, em francês) refere-se a um momento de revelação ou insight súbito. Do clique instantâneo das conexões à rendição à beleza. Epiphanie é uma marca brasileira de joias artesanais nascida dos devaneios de Carol Keutenedjian, com um design leve e inovador inspirado em grandes arquitetos. Com curvas elegantes, as peças são ergonômicas e orgânicas: criações arquitetônicas usáveis e atemporais que se conectam à natureza.

Com sede em São Paulo, Brasil, a marca agora pode ser encontrada na Europa (Mônaco). Como um dos fundamentos da marca é honrar a Terra, a Epiphanie usa apenas ouro fairmined (seguindo os padrões ISO 9001, 14001 e 45001) e pedras preciosas de origem ética. O design de Carol questiona as estruturas tradicionais da joalheria, desafiando nosso olhar: gemas e pedras flutuam magicamente, curvas se invertem. Peças ousadas e modernas que já encantaram muitos fãs brasileiras.